[Catálogo] – Crítica – A Mão Assassina

 

Todo mundo já ouviu a expressão, a mente ociosa é a oficina do diabo, mas em alguns países a expressão é mais conhecida como “A mão ociosa é a ferramenta do diabo” e é com base neste ditado (Idle hands are the devil’s tools) que foi feito o divertido filme A Mão Assassina (Idle Hands, no original) em 1999.

O filme conta a história de Anton, um adolescente que só faz duas coisas na vida, fumar maconha e ver televisão. Ele é tão vagabundo que nem percebe que os pais foram violentamente assassinados. Certo dia ele precisa sair de casa para comprar maconha e fica sabendo que um serial killer está atacando na região. Mais tarde descobrimos, e isso não é um spoiler, que o próprio Anton é o assassino. Na verdade o assassino é sua mão direita, ela foi possuída por um espírito diabólico que vaga pela terra possuindo as mãos das pessoas mais vagabundas e desocupadas do planeta…esta deve ser a justificativa mais idiota para possessão da história do cinema, até por que mão de adolescente não fica desocupada muito tempo.

 

A mão de Anton continua com seu desejo por sangue e mata seus únicos dois amigos, na verdade seus fornecedores e companheiros de vagabundagem… Só que os amigos não vão descansar em paz, eles preferiram ficar na Terra como zumbis já que caminhar para a luz dava  muito trabalho, e os dois personagens zumbis fazem um belo papel como sidekicks.

O filme conta com a gostosíssima Jessica Alba, bem antes de pintar o cabelo de loiro, colocar lente de contato azul e ficar parecendo uma albina no quarteto fantástico.  Aqui ela faz o par romântico do protagonista que é perseguida pela mão, inclusive depois que, num ato de desespero, Anton a decepa.

Temos também a presença de Vivica Fox, ex-namorada do rapper 50 Cent que também é famosa por seus dotes físicos, mas que neste filme é apenas uma maluca que persegue o espírito maligno tentando acabar com a maldição…

O diretor Rodman Flender também é o responsável pelo filme “O retorno do Duende” de 1994, que você só assistiu se for um maluco aficionado por esse tipo de lixo, como eu sou. Ele nunca mais fez filme nenhum.
Vale ressaltar aqui que o A Mão Assassina é uma comédia de terror e não um filme de terror sério, por isso podemos dizer que o filme cumpre muito bem seu papel de divertir o publico que está procurando uma forma de passar algumas horas divertidas na companhia dos amigos.

O diretor até que se preocupou em elaborar um pouco as cenas do filme, mas no geral elas são pouco sangrentas, com a maioria das mortes em offscreen. O filme poderia perfeitamente passar na tela quente sem nenhum tipo de corte a menos que a Globo insista em cortar os belos seios de uma morena que aparecem por alguns poucos segundos, a mãozinha até que se diverte com eles um pouquinho.
Outro ponto alto do filme é a sua trilha sonora que é puro Rock and Roll. Temos “Shout At The Devil” do Motley Crue tocando quase que o filme todo (é impossível não se pegar cantando depois) e alternando com Santeria do Sublime, que estava bombando em 1999.
A banda que se apresenta no baile de formatura numa das ultimas cenas do filme é ninguém menos que o Offspring, e fazendo cover dos Ramones. O vocalista Dexter Holland inclusive tem seu couro cabeludo arrancado pela mão descontrolada numa das melhores cenas do filme.

Quem disse que roqueiro não tem nada na cabeça?

A Mão Assassina custou incríveis quarenta milhões de dólares e rendeu apenas quatro nos Estados Unidos, talvez isso explique por que o diretor nunca mais assinou outro contrato na vida.

Atenção você que passa horas no sofá de casa vendo TV, imaginando que a sua mão direita é na verdade a de outra pessoa, lembre-se, nem sempre isso pode ser uma coisa boa.

 

Trailer:

Mau Franco
Formado em ciências da computação e pós-graduado em administração e gerenciamento de projetos, trabalha 9 horas por dia em uma grande empresa. O pouco tempo que lhe resta é passado com sua esposa, filhos, cachorros, alguns poucos games e algumas centenas de filmes.

Mau Franco publicou 280 posts. Veja outros.

Publicidade

  • VERONIKA-VENTURRA

    essa jessica sim todo mundo queria pega e da um belo trato nesse rabo em kkkkkkkkk