Mothers Day New Poster 11 O Dia das Mães Macabro – Comporte se ou sofra as consequências

Mais um dia das mães está chegando, e nesta data geralmente assistimos aqueles filminhos água com açúcar que passam na temperatura máxima durante uma bela macarronada, com lindas histórias de amor. Os filhos abraçam as mães, todos choram e perdoam qualquer tipo de mágoa que possa ter surgido nos outros 364 dias do ano.

mothers day movie 2012 5e87e 300x199 O Dia das Mães Macabro – Comporte se ou sofra as consequências

Nesta semana estreia nos cinemas americanos mais um filme para o dia das mães, mas este é diferente…

Dia das mães macabro, do diretor Darren Lynn Bousman, de Jogos Mortais 2, 3 e 4, mostra Rebecca De Mornay, como a mãe de alguns bandidos que mostra pra eles como se faz para torturar reféns.

 

rebecca 196x300 O Dia das Mães Macabro – Comporte se ou sofra as consequências

Se você não sabe quem é Rebecca De Mornay eu tenho apenas um filme para citar: “A mão que balança o berço”. Sim, a gostosa maluca do espetacular filme de 1992, e que um dia ainda será alvo da coluna catálogo, volta a emprestar o seu lindo rosto psicótico, para a alegria dos fãs.

Ela também era a prostituta no clássico “Negócio Arriscado” com Tom Cruise, mas não se destacou muito sem matar ninguém.

O velho clichê da mãe bandida, usado nos Goonies em 1985, volta desta vez de forma muito mais sinistra e sangrenta.

Na verdade o filme é uma refilmagem de um trash de 1980, com o mesmo nome, mas promete ser uma versão melhorada, até graças à Rebecca que além de linda (apesar do peso dos 20 anos de diferença em relação ao filme que a lançou ao estrelato) sabe como ninguém interpretar uma louca sanguinária.

 

O filme estreia agora nos Estados Unidos para aproveitar a data e, pra variar, não há notícias de lançamento no Brasil. Provavelmente sairá direto em home vídeo, e sem grande divulgação. Uma pena por que o trailer (que pode ser visto abaixo) causa uma boa expectativa.

original O Dia das Mães Macabro – Comporte se ou sofra as consequências

Poster do filme original...saudade dos anos 80

Se você ainda não assistiu “A mão que balança o berço” recomendo fortemente que assista antes, não que haja qualquer tipo de ligação entre as histórias, mas vai ajudar a passar o tempo até o lançamento de Mother’s Day no Brasil, além de transforma-lo em um admirador (ou como eu…apaixonado) de Rebecca De Mornay.

Trailer