Disney lança com maestria a sua nova princesa.

f2 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

Frozen – Uma Aventura Congelante, é uma das mais agradáveis surpresas da Disney nos últimos anos. Com a intenção de ampliar o seu hall de princesas acabamos conhecendo Elsa. Ela é a princesa do reinado de Arendelle e nasceu com um poder especial, que é o de congelar as coisas que toca e também criar qualquer coisa a partir do gelo. Por causa desse poder, ela quase matou a sua irmã mais nova, Anna. E por essa situação seus pais viram o poder como uma maldição e a isolaram do mundo e principalmente isolaram as irmãs.

Muitos anos se passaram até que é chegada a hora da Princesa assumir o trono, mas coisas dão muito errado e Elsa acaba fugindo para se isolar no alto das montanhas, fazendo que a sua irmã saia em uma aventura pela floresta para conseguir traze-la de volta.

A historia é baseada no conto A Rainha da Neve, só que recheada de bons toques Disney. Um deles é a parte musical, essa animação é mais musical do que as animações convencionais, e dessa vez as cantorias espalhadas pelo filme são um belo complemento, não deixando nem o personagem (e nem o telespectador) com vergonha alheia. O tema principal da animação (Lei it Go) também é empolgante e ficou muito bem na versão brasileira. O enredo apenas parece seguir para um caminho de clichês, mas pega o público de surpresa com uma reviravolta em um dos principais personagens da história, e isso é quase no final do filme.

f5 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

Também temos o alivio cômico do filme, que é o boneco de neve Olaf, dublado pelo ator Fábio Porchat (Porta dos Fundos) que está excelente. O personagem se destaca, não cansa e está na medida certa.

A animação é belíssima e com a desculpa de poder deixar o gelo o mais parecido possível com cristais, acabamos sendo contemplado com cenários deslumbrantes.

f6 1024x428 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

Frozen acerta em cheio o seu público alvo, as garotas que sonham em ser princesas. Mas não abandona os garotos e consegue segura-los com boas cenas de ação.

Minha nota pra Frozen – Uma Aventura Congelante é 9 de 10.

Detalhe imprescindível: Antes de começar o desenho, o público vai se deliciar com um maravilhoso curta do Mickey Mouse em homenagem aos seus 85 anos de vida. Get a Horse! (nome do curta) mistura o clássico com o atual, mostrando uma das melhores sequencias de efeitos 3D que já vimos nos cinemas, é exatamente por causa desse curta que valer a pena assistir Frozen em 3D. Até por que o desenho principal não tem nada de tão especial, mas o Get a Horse! compensa muito bem essa falha do desenho.

MICKEY GET A HORSE DESTAQ 922x620 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

Sinopse:

Em Frozen – Uma Aventura Congelante, Anna (voz de Kristen Bell), uma jovem destemida e otimista junta-se a um rude homem da montanha chamado Kristoff (voz de Jonathan Groff) e a sua leal rena Sven — para encontrar sua irmã Elsa (voz de Idina Menzel), cujos poderes congelantes aprisionou o reino de Arendelle em um inverno eterno.

Trailer:

Galeria de imagens:

f1 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

f3 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

f4 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

f7 1024x428 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

f8 1024x428 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

f9 1024x428 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica

f10 1024x428 Frozen   Uma Aventura Congelante   Crítica