[Scary Shit] – O Segredo da Cabana (The Cabin in the Woods)

cabininthewoods

No segundo post da minha nova coluna Scary Shit venho lhes falar do filme mais surpreendente que vi nos últimos tempos, “O Segredo da Cabana” de 2011.

Confesso que antes de começar a escrever essa crítica eu fiquei pelo menos meia hora pensando por onde começar. Como é possível falar sobre este filme sem dar spoilers já que a melhor experiência será justamente você assisti-lo como eu fiz, sem entender absolutamente nada do que diabos está acontecendo na tela e passar 90% do filme se perguntando “WTF?”.

A história principal, pelo menos a que nos é vendida, é aquela que você já assistiu em pelo menos um milhão de filmes de terror a partir de Evil Dead (A Morte do Demônio) em 1981, ou seja:

1 – Um grupo de amigos decide passar um final de semana em uma cabana isolada no meio do nada para se divertir com muito sexo e drogas;

2 – Eles não dão atenção ao velho maluco que diz para não irem ou estarão condenados;

3 – Sem querer acabam libertando uma força demoníaca;

4 – São mortos um por um restando apenas (isso quando sobra alguém) a única virgem da turma.

 Cabin_In_The_Woods_6_25_12-726x248

OK, a história do filme é muito óbvia, mas o que tenho a dizer é o seguinte:

É isso mesmo que acontece mas ao mesmo tempo não é nada disso. Acreditem!

O filme, de 2011 foi escrito e dirigido por Drew Goddard, que não dirigiu mais nada até hoje, mas tem uma longa carreira como roteirista e produtor de coisas muito boas como “Cloverfield” e de alguns episódios de boas séries como Buffy e Lost (provavelmente os episódios mais malucos).

Entre os atores temos a gatinha Kristen Connolly, que também nunca fez mais nada na vida, a não ser que você leve a sério um papel descrito como “a mulher lendo em um banco” em “Fim dos Tempos “ (a maior bomba de M. Night Shyamalan).

Temos também o agora “famosão” Chris Hemsworth (mais conhecido como Thor) e mais alguns desconhecidos que estão lá só para morrer.

Temos também uma participação especial de uma atriz bem famosa, de quem eu sou fã em especial, mas não vou contar aqui para não estragar a surpresa.

CW-0089_DF-02291

O filme iria se chamar no Brasil como se chama nos Estados Unidos, ou seja, “A cabana na floresta”, mudou de distribuidora e não sei por que resolveram mudar o nome no Brasil, provavelmente apenas para mostrar que podem.

O fato é que nada é o que parece ser em “O segredo da Cabana” e com certeza você vai se surpreender, e muito. A loira não é loira, o machão burro não é burro e até mesmo a virgem não é virgem. O único personagem que é real é o drogado, que justamente por fumar maconha 24 horas por dia consegue ser ele mesmo, e consegue também ser o melhor ator do filme, o alívio cômico e o único personagem que conseguimos torcer para que não seja trucidado, apesar de sabermos que, neste tipo de filme, o maconheiro é sempre o primeiro a rodar.

cabin-in-the-woods-trailer-1

Ainda tentando não dar spoilers, vou apenas dizer o que já é mostrado logo no inicio do filme. Os cinco jovens estão sendo observados pelo que parece ser uma agência governamental que controla os seus passos a ponto de colocar um “emburrecedor” na tintura de cabelo da loira, espalhar feromônios no ar para fazer os casaizinhos transarem no mato e de certa forma controlar os passos de todos eles até a sua morte iminente por uma horda de zumbis assassinos.
Mas o mais divertido no filme é descobrir que se eles não fossem atacados por zumbis, seriam atacados por um Lobisomen, ou por uma cobra gigante ou por um tritão (que seria uma sereia macho) ou até mesmo por um unicórnio branco, lindo e feroz.

A medida que o filme vai se explicando vamos curtindo as referências a uma porrada de outros filmes de terror que nos abasteceram durante décadas: “HellRaiser”, “Um lobisomem americano em Londres”, “A noite dos mortos vivos”, “IT – Uma obra prima do medo”, “O enigma do outro mundo”, “O Chamado”, ”Os Estranhos”, “O Iluminado”,”A bolha assassina” etc. Está tudo lá.

O filme tem também muitas cenas divertidíssimas de morte com muito gore e várias cenas cômicas, ou as vezes as duas coisas ao mesmo tempo. A cena em que a loirinha dá um beijo espetacular em uma cabeça de lobo empalhada merecia ganhar o prêmio de melhor beijo no MTV Movie Awards mas como lá os vencedores são escolhidos pelos adolescentes estadunidenses faz 10 anos que só quem ganha este prêmio é o casalzinho de Crepúsculo.

Cabin in the woods kiss

“Alce” de sorte

Enfim, o filme é sensacional para quem curte o gênero e está com a mente aberta para uma ideia totalmente nova, há até quem diga que é uma sátira como Wes Craven fez em “Pânico” ou que é simplesmente uma comédia, eu ainda considero um belo filme de terror, com partes engraçadíssimas e um tremendo “fan- service” para os amantes do cinema fantástico.

Trailer legendado:

Fique abaixo com a inacreditável galeria de imagens do filme (cuidado, eu tive pesadelos com a menina da última foto).

E lembre-se: Nos comentários os spoilers são liberados, por favor me diga o que achou do filme e quais outras referências não citadas aqui vocês encontraram, ou se não viram alguma das referências que eu citei.

 vlcsnap-2012-09-26-14h40m16s98 cabin-in-the-woods-ghost-faces cabinmerman cabin-woods-01_510x317 citw05 citw11 citw14 citw21image.php_1originaltumblr_mdldx30MKv1rykcsto1_1280citw85

 

Mau Franco
Formado em ciências da computação e pós-graduado em administração e gerenciamento de projetos, trabalha 9 horas por dia em uma grande empresa. O pouco tempo que lhe resta é passado com sua esposa, filhos, cachorros, alguns poucos games e algumas centenas de filmes.

Mau Franco publicou 266 posts. Veja outros.

Publicidade

  • Marina Aguilera Costa

    concordo absurdamente com tudo q escreveu.. fui ver o filme achando q seria mais um cliche, terminei apaixonada pelo o filme… é uma pena q nem todos consigam apreciar a genialidade dele…

    • mau_franco

      É isso aí Marina!
      Obrigado pelo apoio…

  • Rayana Lima

    sem palavras…ou melhor, PQP!!! foi a única coisa que eu pensei quando o segredo da cabana foi revelado! No início do filme, pensei: “a que ponto chega a miséria humana…” Depois, quando a reviravolta começa, achei bem feito!! 😀 Até que, ainda não satisfeito, o roteirista resolveu fechar com chave de ouro. adorei a participação da atriz famosa e, claro, as referências a alguns clássicos de terror! bom, é isso. obrigada por não dar spoilers e pela dica de filme. adorei!

    • mau_franco

      É isso aí Rayana…pode contar com as dicas sempre.
      Fico feliz que tenha gostado do filme…é realmente diferente.

  • Pingback: MeiaLuaCast #039 – Plot Twists do Cinema()