Selene, The Fantasy [Game Design]

1

Selene The Fantasy foi desenvolvido pelo estúdio de concept design The Castle Builder. O mundo foi construído por Klaus Maximilian, que teve sua ideia inicial há aproximadamente 10 anos, mas sua consolidação ocorreu há cerca de três anos (2010), com a estruturação do estúdio e de sua equipe principal formada por Erica Vacchi (gerência do projeto e novos negócios), Fábio Provazzi (artista líder) e Ciro Lopes (artista júnior), além de outros importantes parceiros que cuidam da parte musical, redação lúdica, playtests, marketing e redes sociais.

Refugiada de um campo de concentração, uma jovem menina chamada Selene busca alcançar sua liberdade. Seu sonho logo será conquistado, porém com um preço alto a ser pago: a sua consciência. Abatida por um disparo, sua vida será salva por um solitário caçador que zelará por sua alma contando-lhe fábulas de manuscritos antigos. Mal sabia o Contador que suas palavras surtiriam efeito num universo muito além da mente de Selene. Seus sonhos ganham vida, fazendo surgir um mundo repleto de criaturas fantásticas. Três facções, com objetivos distintos, buscam alcançar os artefatos místicos que juntos controlariam a ira do grande senhor do mal: Tifão. Defensores são selecionados de dentro deste mundo surreal que se forma a fim de alcançarem a vitória que lhes dará o controle dos artefatos.

Cada guerreiro de Selene lutará pela defesa dos interesses de uma das três facções. A guerra entre elas se sucede através de batalhas em arenas com o intuito de se conquistar os artefatos místicos de grande poder. As três facções lutam pelas seguintes causas:

2

Causa Obscura: “Se derrotarmos Tifão, o mundo como conhecemos deixará de existir e ele será incerto”.

Causa Cristalina: “Não devemos acordar Tifão de seu sono profundo, ele é muito poderoso e incontrolável, devemos manter a ordem e a harmonia a qualquer custo”.

Causa Pura: “Queremos acordar Tifão e dominá-lo, exterminaremos qualquer um que se oponha ao nosso objetivo”.

Selene é a junção de conceitos poderosos. A proposta inicial era trazer a experiência tática e estratégica dos jogos digitais (turn-based tactics) para o presencial através do jogo de cartas, mas a necessidade de um tabuleiro gerou a fusão de tabuleiro e cartas. O resultado foi uma tradução do MOBA (Massive Online Battle Arena) para o tabuleiro com a essência do Living Card Game (jogo de cartas em que o defensor já vem completo, mas pode ser personalizado através de expansões), o que resultou na categoria única de Living Card Battle Arena (LCBA), ou seja, um jogo de cartas que já vem completo com miniaturas e combates em arenas.

Selene The Fantasy foi um projeto bem sucedido do site Catarse (http://catarse.me/pt/selenethefantasy), para mais informações sobre o jogo: http://www.selenethefantasy.com e https://www.facebook.com/SeleneTheFantasy

3

Bernardo Stamato
Vencedor do Concurso Cultura "Eu, Criatura" da Devir Livraria, formado em Letras, professor de Game Design e 3D Fundamental na empresa Seven Game e escritor (http://entrevirtudesevicios.blogspot.com/). Quando dá tempo para respirar, lê e joga PS3 também.

Bernardo Stamato publicou 107 posts. Veja outros.

Publicidade