Amazônia – Crítica

Um documentário bonito, mas com uma história chata e cansativa.

a6

O intuito de criar uma geração pró ativa em torno da ecologia é um dos grandes desafios dos pais de hoje. Sabemos para onde estamos levando o nosso planeta e que se a criançada não tiver a consciência que nós não tivemos no passado as próximas gerações estão perdidas, por isso vemos cada vez mais obras que tentam envolver as crianças e mostrar a elas a importância da natureza.

Amazônia é um misto de documentário e ficção sendo que o grande diferencial dele é que foi filmado em 3D. Com apenas 82 minutos de filme nós acompanhamos o macaco prego Castanha, que é um macaco de circo e por obra do destino o avião em que ele está viajando sofre uma pane e cai na Amazônia.

O filme começa cativante mostrando belas imagens dos lugares e animais diferentes e curiosos que por lá habitam, mas com um fraco enredo não demora muito para o filme começa a ficar cada vez mais cansativo, não conseguindo segurar a atenção da criançada e muito menos dos pais. A jornada do macaco é tão fraca e monótona que talvez fosse mais interessante ficar apenas como um filme de documentário narrativo sem ter a necessidade de se criar uma história de ficção.

Eu já acompanhei documentários da Discovery muito mais emocionantes e cativantes do que esse filme. Por isso, se você for assisti-lo no cinema corre o risco de começar a ouvir os murmurinhos irem aumentando a cada minuto do filme, são as crianças se desinteressando pelo filme.

Amazônia tem uma importante mensagem para passar, mas infelizmente faz isso da forma mais fraca possível. Não se preocupe, se você não gostar do filme, não quer dizer que você não seja um ativista ecológico.

Nota do site

[nota s=40]

Sinopse:

Castanha (voz de Lúcio Mauro Filho) é um macaco prego, criado em cativeiro, que é liberado na Floresta Amazônica. Seguindo o ponto de vista do animal, o documentário revela os mistérios da fauna e da flora da região, destacando dificuldades enfrentadas pelo animal e ainda algumas amizades, como a com a macaca Gaia (Isabelle Drummond).

Saindo do Cinema

Trailer:

Imagens e fotos:

a1

a2

a3

a7

a5

a4

a8

Leandro Vallina
Formado em Comunicação Social. Tem como prioridade na vida cuidar da filha, jogar videogame, alimentar e passear com os cachorros, alimentar e passear com a esposa e jogar mais um pouco de videogame.

Leandro Vallina publicou 1160 posts. Veja outros.

Publicidade