De volta para o Futuro – O Jogo [IDKFA]

Não sei o que é mais chato. Saber que De Volta para o Futuro foi uma trilogia tão bem fechada que não precisava de mais nada para ser dito ou de quando eles nos mostram aquele trem ficamos querendo saber mais sobre o que aconteceu com o Doc Brown.

Bom, quase 20 anos depois daquele surpreendente final, a chatice foi deixada de lado e, agora, podemos saber o que aconteceu com o doutor, a sua família e toda a turma de Hill Valley em De volta para o Futuro – O Jogo.

Marty e Doc juntos mais uma vez.

Marty e Doc juntos mais uma vez.

Este jogo foi uma grande sacada da Telltale Games, mais conhecida por seus jogos Lego e, mais recentemente, em The Walking Dead, aclamado pela crítica, ao contrário de um jogo que a Activision lançou para o 360 e PS3, que foi considerado uma das piores adaptações já feitas.

No entanto, nosso foco aqui é De Volta para o Futuro. Onde, após seis meses dos eventos ocorridos na trilogia, o Delorean volta para Hill Valley sem nenhum motorista. É isto mesmo meninos e meninas, o Delorean pode ter sido destruído no final do terceiro filme, mas sabemos que viagens no tempo podem ser completamente insanas e sem explicação e cá estamos para um fato sem explicação, a priori, no primeiro episódio desta nova série.

Sim, este jogo que a Telltale Games criou veio num formato que ela se mostrou bem capacitada para fazer, que são os jogos episódicos. Foi assim com jogos como Sam & Max, Wallace & Gromit e alguns outros que ela viera a lançar desde então. Sendo que esta forma torna toda a aventura ainda mais aprazível para o jogador.

Para deixar este jogo ainda mais crível e com cara de continuação, a TellTales Games conseguiu trazer grande parte do elenco original do filme para dublar os seus personagens no título e conseguiram até mesmo trazer Michael J. Fox para fazer uma ponta num personagem secundário. Sim, ele fez apenas uma ponta por conta do seu estado de saúde na época da criação do jogo, mas, ainda assim, fãs do filme não vão ficar desapontados com a dublagem de Marty McFly feita por A.J. Locascio.

Viajando par outras linhas temporais.

Viajando par outras linhas temporais.

E está tudo lá. Desde a atuação bem interessante dos personagens, a trilha sonora original – e nova -, e uma história bem intrigante e que flui com uma qualidade ímpar, mesmo porque Bob Gale foi um Consultor da História durante todo o processo de desenvolvimento do jogo, a experiência de reviver o universo de De Volta para o Futuro não poderia cair em melhor momento.

Agora não pense que é um jogo de ação desenfreada, onde você tem de apertar vários botões e afins para conseguir chegar a seu objeto. Não, este jogo é mais voltado para o esquema do Point and Click. Para quem não sabe, Point and Click foi uma das grandes “plataformas” de jogos dos anos 1990 no qual a LucasArts se firmou por muito tempo e que vale a pena ser falada sobre ela futuramente. Mas o que significa isso? Você mexe o seu personagem e procura por itens na tela, um deles, ou vários, serviram para continuar a história. Parece algo chato, mas não é!

A imagem não está no lugar errado, este jogo merece ser jogado.

A imagem não está no lugar errado, este jogo merece ser jogado.

De Volta para o Futuro, o Jogo é mais que uma simples homenagem a um filme que fez a alegria a centenas de milhares de fãs, e, sim, um verdadeiro tributo a um universo que vale a pena ser assistido inúmeras vezes!

Este jogo foi lançado para PC, PS3, XBoX 360, Mac OSX, Wii e iOS e vale a pena uma conferida.

Daniel G. Fernandes
Este ser é um viciado em games, sejam de consoles, sejam de PC's e tem uma paixão arrebatadora em Tecnologia, aficcionado em filmes dos anos 1980 e 1990, ele pode não se lembrar o nome do diretor, do filme ou do ator, mas quando tem opinião ele fala mesmo! SegaManiaco de Coração, ele também bate ponto nos sites Gamehall, Marketing & Games, Blast Processing, Brazuca Gamer e Comunidade Mega Drive!

Daniel G. Fernandes publicou 48 posts. Veja outros.

Publicidade

  • Luiz Augusto

    Apesar de ser bem curto e fácil, esse jogo é otimo. Recomendado a todos fãs da trilogia