FGcast #49 – Rambo – Programado para Matar

FGCast1

 

Faaaala galera!

No FGcast #49 Mau Franco, Leandro Vallina e Marcelo Paradella relembram um dos maiores clássicos do cinema de ação dos anos oitenta, e por que não dizer, de todos os tempos, Rambo – Programado para Matar

Neste episódio entenda como alguém programado para matar não mata ninguém, descubra que você pode sair do Vietnã mas o Vietnã nunca sai de você, saiba que o verdadeiro Rambo deveria ter morrido e aprenda a nunca mexer com um boina verde.

Não se esqueça de deixar seus comentários no post, ou enviar e-mail para [email protected]

Faça o download ou ouça no player no final do post.

Comentado na leitura de e-mails:

FGcast Brinquedo Assassino (AQUI)

Queda de Braço: Stallone VS Schwarzenegger (AQUI)

Comentado no cast:

FGcast Comando Para Matar (AQUI)

FGcast O Demolidor (AQUI)

FGcast Os Mercenários 1 (AQUI)

FGcast O Exterminador do Futuro 1 (AQUI)

Trailer:

 

Arte da vitrine por Renan Bolonha.

Locutor da vinheta de abertura: Diego Amaral.

Escute o podcast do filme também pelo Youtube

Mau Franco
Formado em ciências da computação e pós-graduado em administração e gerenciamento de projetos, trabalha 9 horas por dia em uma grande empresa. O pouco tempo que lhe resta é passado com sua esposa, filhos, cachorros, alguns poucos games e algumas centenas de filmes.

Mau Franco publicou 274 posts. Veja outros.

Publicidade

  • Jusier de Melo

    Pow galera, vs não assistiram os desenhos??? Era muito irado (pra época). E tinha um ninja branco sim. http://www.blueharvestcds.com/raretoys/rambo/Rambo%20Catalog%2001.jpg

    • Bem legal, obrigado por postar esse link! Lembro que tive o White Dragon 0813 e Rambo 0801. Além disso, tinha outro ninja com a roupa preta, que era “do mal”.

  • mau_franco

    Olha só…
    Saiu um game e eu nem sabia…devíamos ter mencionado no cast…
    Leandro…essa é a sua área…como não sabia disso?
    http://www.rambothevideogame.com/

    • leandrovallina

      eu sabia é quase comprei o jogo uma semana antes da gravação do cast, mas é o pior jogo de tiro nos trilhos que já saiu pro ps3. apos ver várias análises eu desisti.

      E o unico jogo do Rambo que presta é esse do link abaixo 😛

      http://filmesegames.com.br/2011/nestalgia-contra-stallone-schwarzenegger-alien-jogao/

    • Caramba! Confesso que não sabia dessa! hahaha, de 2014! Coloquei na minha wishlist do Steam, quando estiver bem barato eu pego só por curiosidade! 🙂

  • Rayana Lima

    Rambo…definitivamente, não é meu estilo de filme, mas como adoro os casts, ouvi mesmo sem ver o filme, porque sei que vou me divertir. Posso até ter visto algum Rambo quando criança, porque tenho lembranças dele com a metralhadora na mão e a fita na cabeça. Mas não é o tipo de filme que costumo ver. Vamos aos comentários

    1. Também adoro Um morto muito louco. Me arrancou muitas risadas.
    2. Gente,ouvir vocês me deixou com pena do Rambo.

    3. Daylight: um dos poucos filmes com o Stallone que eu realmente curto.
    4. Fiquei imaginando as cenas do caminhão… Tá…me convenceram. Vou assistir depois.
    5. #chateado.

    6. Mau, chega de sugerir atores, por favor!! 😛
    O comentário ficou pequeno, já que, como eu disse antes, não é meu estilo preferido. Mas como eu adoro vocês (e eu tive um tempinho hoje), resolvi ouvir logo.
    bjsss

    • mau_franco

      Valeu Ray…
      E eu deveria ser o responsável oficial no casting dos blockbusters…

      Depois que ver o filme volte aqui pra dizer o que achou…
      vc vai gostar por que, como dissemos no cast, Rambo 1 não é um filme do “tipo Rambo”…

      • bolapucc

        Pois é, esse Rambo não é muito do tipo “vou pro Vietnã com uma metranca e ganho a guerra sozinho”, é algo totalmente diferente, é sobre como a guerra traumatizou uma nação

  • Leandro Dias

    Rambo e um dos melhores filmes do stallone disparado que eu adoro tanto que tenho os 3 rambos em casa em dvd, a cena dele com o coronel trautman contando os horrores que ele viu o amigo morrer e depois chorando abraçado e muito comovente mostra que ele esta totalmente destruido psicologicamente, uma curiosidade em rambo 4 quem deveria ir procurar rambo para ele dar a missão era o filho do coronel trautman que seria matthews fox o jack da serie lost so não pode fazer o filme porque não o liberaram da serie na epoca.

    • mau_franco

      Valeu pela informação Leandro…
      Abraço…

  • Parabéns pelo Cast! Rambo é um dos meus filmes de cabeceira. O primeiro é muito bom. Bem mais sério do que as continuações. Vi o final alternativo, bem legal. Dei uma olhada também nas cenas deletadas e fotos, inclusive o Rambo de bigodão com a vietnamita, hahaha.

  • Pingback: FILMES E GAMES - E tudo sobre a cultura POP | Os Mercenários 3 (The Expendables 3) - Novo Trailer, Wesley Snipes saindo da prisão()

  • Andrews Lopes

    Mao, a cena que o cara cai de cima do helicóptero o piloto tinha avisado ao policial que o avião tava perdendo equilíbrio por causa de uma corrente de ar e com a pedra jogada piora a situação e o cara termina caindo lá de cima.

    OBS: Mao, gosto muito do seu trabalho. Eu acompanho desde o primeiro podcast, mas é a primeira vez que comento. A turma é muito boa! Show de bola! Estudo pela madrugada e para descansar eu escuto vcs lembrando os velhos tempos rs…
    OBS 2 Cara, o clube da luta vai lançar algum dia? Abração

    • mau_franco

      Valeu Andrews…vc tem razão sobre o helicoptero, ainda assim achei meio forçado…mas faz parte. hehehe!
      Deixe sempre seus comentários cara…abração.

      E sim, teremos Clube da Luta com toda certeza.

    • Augusto Cezar Lima Queiroz

      Não as minhas madrugadas, mas o meu início de sono é totalmente dedicado aos “podcasts” do portal “Filmes e Games”, já disse isso a eles. Os “casts” funcionam como uma massagem no meu cérebro e já me obrigaram a rever certos filmes para acompanhar cenas que passaram despercebidas.

  • Halan

    Há quem diga que Sylvester Stallone, conhecido por sua carreira no cinema de ação é na verdade um ótimo ator dramático que se arrisca pouco nesta área. Algumas atuações em filmes como: Rocky, Police Cop e até mesmo o primeiro Rambo já arrancaram elogios dos críticos mais carrancudos e preconceituosos, o que prova que realmente Sly tem algo a mais para mostrar.

  • José Carlos Fantini

    O “4” é “Florida pra Carvalho”… KKK!!!

    Muito bom!!!

  • Augusto Cezar Lima Queiroz

    Conheci o Filmes e Games pelo You Tube, zapeando. Adoreia a ideia dos “podcasts” e mais ainda esse sobre “Rambo – Programado para Matar”. Vocês não pretendem aventurar pelo rádio?… Faz falta um programa como o de vocês sobre cinema e vídeo. Parabéns!

    • mau_franco

      Valeu Augusto!
      Não temos pretensão nenhuma de ir pro rádio, até por que, basta baixar o podcast e ouvir a qq hora, no rádio vc tem que ouvir no horário específico, se perder ou não entender alguma parte não dá pra voltar…etc.
      Enfim…deixa assim que tá muito bom.
      Abs,

      • Augusto Cezar Lima Queiroz

        Mesmo assim, parabéns a todos do site. Outra sugestão: por que vocês não convidam o Felipe Guerra, do “Filmes para Doidos”? O blog dele está, infelizmente, em vias de extinção e ele é um cinéfilo como vocês. Seria uma aquisição de peso para a equipe do “Filmes e Games” e a turma que já conhece o Guerra iria adorar! Valeu! Cinema sempre!…

  • Augusto Cezar Lima Queiroz

    Saudações!…

    Reouvi o “cast” sobre “Rambo – Programado para Matar” (motivos: mais “cabeça fria”, madureza nos comentários e menos afobação por estar entrando em contato pela primeira vez com um “podcast”) e farei algumas considerações:

    1) O filme está mais para drama realmente do que para ação. Este estilo de aventura já vai aparecer do “Rambo II – A Missão” em diante. Acredito que a intenção de criar uma franquia ainda não estava tão clara ou não existisse na época do lançamento desse primeiro “First Blood”;

    2) Reparem na mudança de expressão facial quando Rambo recebe a notícia da morte do seu amigo dos tempos de guerra, dada pela mãe do colega, logo no começo do filme. É evidente um esforço de Stallone em passar uma carga dramática do personagem dentro daquele contexto dramático (que era a proposta inicial do filme); Também nesta primeira parte do enredo, depois que Rambo vem caminhando pela estrada e para, contemplando a paisagem por estar otimista em acolhido e estampando uma certa alegria de ter chegado até ali, ele dá um sorriso, o primeiro e único durante todo o filme;

    3) A cena em que Rambo descarta o caderninho com o endereço do amigo sobre um amontoado de pedras quando está de partida (logo após receber a notícia da morte do amigo) mostra, além de um quadro de total amargura e decepção do personagem, o desligamento dele de qualquer ponta de esperança em encontrar a tão sonhada paz e felicidade;

    4) A “implicância” do xerife com Rambo não se dá porque o ex-soldado está maltrapilho ou aparentando ser um vagabundo, e sim por pura intolerância e abuso de autoridade;

    5) Quando Rambo é apresentado na delegacia, notem a “olhada” que ele dá ao redor, “estudando” o ambiente e verificando seus pontos estratégicos como, por exemplo, o local onde são guardadas as armas dos policiais. Este mesmo comportamento (uma característica bélica de John, por ser um soldado de elite) vai se repetir no segundo filme em várias cenas: quando ele chega ao centro de comando da missão; quando chega ao local de embarque no Vietnã; quando está dentro do barco com os piratas, indo até o local do campo de prisioneiros, etc.

    É isso!…

    Bom “FGcast”, mesmo ouvindo pela segunda vez.

    Até mais.

    • mau_franco

      É isso aí Augusto…Continue revisitando os velhos episódios e trazendo informações novas…
      Mas não deixe de comentar nos novos pra lermos na gravação…
      Abs