Kaze Tachinu (2013) #MaratonaMiyazaki [Otaku Way]

Miyazaki sempre teve a capacidade de encantar com mundos fantásticos e mágicos, transportando qualquer um de volta para sua infância. Mas em Kaze Tachinu, vemos um filme voltado para o público adulto, um drama que fala sobre perseguir seus sonhos e as suas consequências.

Kaze_Capa_550

O filme é uma biografia do designer de aviões Jiro Horikoshi, que desde criança sonhou em ser piloto, mas por ser míope nunca poderia pilotar. Então depois de encontrar o designer de aviões Caproni em seus sonhos, decide dedicar a sua vida a criação de aviões. Com o mundo no meio de vários conflitos, Jiro é responsável pela criação de várias máquinas de guerra, mas nunca pensando no uso dos mesmos para esse fim, mas sim na beleza dos aparelhos em si. Além disso, sua vida muda depois de conhecer uma garota chamada Naoko, que se torna o grande amor da sua vida, maior até mesmo que seus aviões.

Kaze_01

A animação é de longe a mais realista que o diretor já executou, narrando de forma única a vida e obra do Designer, mas como a mente do Miyazaki é recheada de sonhos e magia, ela não ficou de fora da história. Jiro tem uma visão única do mundo onde decidiu habitar, então sua relação com os aviões chega a ser fantástica, com ele visualizando cada detalhe da aeronave como se ela se desmontasse na sua frente. Ele também faz várias visitas à terra dos sonhos onde encontra seu “mentor” Caproni.

A história é emocionante em muitos aspectos, acompanhar a realização dos sonhos de Jiro é uma experiência muito interessante, ainda mais ver o quão complicado é a vida dele em alguns momentos com todos os conflitos que ocorrem pelo mundo. E o romance, ah o romance… Confesso que da segunda metade do filme em diante quando Naoko entra em cena o filme se torna ainda mais agradável de ver, emocionando a todos com a simplicidade do romance dos dois. Saí do cinema chorando.

Kaze_08

Em termos mais técnicos o filme apresenta a espetacular animação já conhecida do estúdio Ghibli. Os aviões são belíssimos e ver como eles estão detalhados é a prova de o quanto o diretor ama aviação. A trilha sonora é espetacular, Joe Hisaishi conseguiu trazer uma trilha agradável e apaixonante, tirando o uso do silêncio para enfatizar momentos chave.

O filme aqui no Brasil foi lançado como Vidas ao Vento, enquanto uma tradução mais literal do título seria O Vento se Ergue, o que tem ligação direta com o poema do francês Paul Valéry: “Le vent se lève, il faut tenter de vivre. ” – “O vento se ergue. Nós devemos tentar viver”. Kaze no Tachinu chegou a ser indicado ao Oscar de melhor animação, mas acabou perdendo para Frozen da Disney.

Uma experiência maravilhosa, um filme que vai desde a destruição e o clima de tensão da época das grandes guerras, ao romance e a realização dos nossos sonhos. Um filme que DEVE ser visto.

Nota do Autor: 10
Nota do público:(2 votos) 9.2
Dê a sua nota:

Trailer:

Galeria de Imagens:

Kaze_02

Kaze_03

Kaze_04

Kaze_05

Kaze_06

Kaze_07

Kaze_09

Kaze_10

Guilherme Vitoriano
Devorador de Livros e Quadrinhos, domador de jogos.e Nerd assumido. Apreciador de uma boa música e apaixonado por suas meninas.

Guilherme Vitoriano publicou 239 posts. Veja outros.

Publicidade