Ran – [Tem que Ver Isso Aí!]

Tal qual Laurence Olivier e Orson Welles, Akira Kurosawa foi um grande estudioso da obra de Shakespeare, adaptando com sucesso para o cinema clássicos do bardo e conseguindo uma ressonância com seu público.

ran6

Após transpor Hamlet para o Japão corporativo moderno em Homem Mau Dorme Bem e Macbeth para a época feudal em Trono Manchado de Sangue, aos 75 anos Kurosawa volta à época de samurais e senhores para mais uma tragédia, a reflexão sobre a velhice Rei Lear.

ran4

Ao mesmo tempo em que influi o filme de sabedoria, o diretor japonês prepara um verdadeiro espetáculo para os olhos, enchendo a tela com imagens belíssimas, resultado de uma década de preparo, pintando cada storyboard de cada cena como quadros para depois serem filmados.

ran5

Ran é um épico passado no Japão feudal. Um senhor, constatando que já estava com idade avançada, divide suas terras entre seus filhos. Porém, dois se voltam contra ele, o que desencadeia uma série de lutas entre exércitos de diferentes facções, enquanto o antigo mandatário é constantemente deixado de lado.

ran3

O grande destaque fica para a tomada do castelo, que resulta em um terrível massacre, filmado de forma impecável e vigorosa por Kurosawa, o que resulta em um diálogo com a própria obra que realizou. Aqui presenciamos um diretor veterano provando sua importância, não apenas com os ensinamentos de uma vida, como também reenergizado e renovado para continuar a nos surpreender. Talvez este seja na verdade o maior ensinamento que uma vida dedicada ao cinema lhe rendeu.

ran1

Ran
(idem, 1985)
D: Akira Kurosawa
E: Tatsuya Nakadai, Akira Terao e Jinpachi Nezu

Marcelo Paradella
Publicitário, redator e cineasta (quer dizer, no momento tenta escrever, produzir, dirigir e editar um curta pra concluir seu curso). Acredita piamente na Hipótese do Universo de Tommy Westphall, que Nós Vamos Invadir Sua Praia e Armação Ilimitada são os pontos altos da cultura jovem brasileira e que um apocalipse zumbi é inevitável.

Marcelo Paradella publicou 50 posts. Veja outros.

Publicidade