Rio 2 – Crítica

Colorido, musical, divertido e ecologicamente correto.

r1

Chega aos cinemas a animação Rio 2, dessa vez não apenas o Rio de Janeiro é homenageado como o resto do Brasil e sua cultura, não tem como não perceber que o diretor Carlos Saldanha usa a franquia Rio para mostrar aos estrangeiros (e para nós) o que o nosso país tem de melhor, é claro que algumas pessoas ficaram irritadas dizendo que no primeiro filme só mostrou Carnaval e bunda e nossa cultura tem um pouco mais do que isso, pois na continuação ele vai um mais longe, mostrando um réveillon na praia de Copacabana e segue a sua viagem homenageando um pouco do resto do Brasil, ou pelo menos alguns pontos turísticos importantes.

r13

Nessa aventura nós acompanhamos a família do Blu indo até a Amazônia a fim de conhecer um pouco das raízes deles. Infelizmente muitos adultos que acabam assistindo as animações de hoje, se esquecem de que as mesmas são feitas com o interesse de agradar primeiramente o publico infantil, e por esse motivo não curte alguns clichês apresentados, que são novidades aos pequeninos. Por mais que Rio 2 tenha a famosa história do genro que quer conquistar o sogro para não perder a amada que é assediada por aquele velho paquera da juventude, o filme também é recheado de cenas e personagens engraçados e divertidos, que vão animar não apenas as crianças mas também os adultos.

r14

Duas partes importantíssimas a se destacar em Rio 2 são a beleza gráfica dos cenários, com suas cores vivas e empolgantes, e a parte musical que mostra que nossa cultura não é apenas carnaval, sem dizer que a cada música que o filme revela, também acompanhamos magníficos balés coreografados pelos animais.

O foco nesta sequência sai um pouco de cima do casal Linda e Túlio, para se fixar mais ainda nos bichos, e acerta em cheio ao fazer isso.

r12

É claro que um filme na Amazônia não poderia deixar de passar aquela super mensagem ecológica, e consegue fazer isso de forma tão acertada, que chega a emocionar até as crianças que estão assistindo desesperadas pelas vidas daquelas aves azuis.

Infelizmente Rio 2 não consegue superar a qualidade do primeiro filme, mas também não fica muito distante. Um excelente filme para as crianças com uma mensagem atual e que também tem grande chance de agradar aos adultos.

E já faço a minha aposta que Rio 3, sim acredito que ainda teremos mais um, passará em São Paulo, onde provavelmente Blu terá algum primo distante para visitar e veremos todas aquelas piadas sobre a poluição e o trânsito que a capital paulista enfrenta.

Minha nota para Rio 2 é 8 de 10.

Sinopse:

É uma selva lá fora para Blu, Jade e seus três filhos, em RIO 2, depois que eles deixam a cidade maravilhosa para se aventurar em uma viagem pelo Brasil até chegar na Amazônia, para uma reunião de família. Fora de casa, em um lugar desconhecido, Blu terá que enfrentar seu maior medo – seu sogro – enquanto procura escapar do plano de vingança de Nigel. Todos os personagens preferidos de RIO estão de volta, e agora, novas vozes e novos artistas integram o elenco.

  Saindo do Cinema:

Trailer:

Galeria de fotos:

r2   r4   r5   r6   r11   r9

Leandro Vallina
Formado em Comunicação Social. Tem como prioridade na vida cuidar da filha, jogar videogame, alimentar e passear com os cachorros, alimentar e passear com a esposa e jogar mais um pouco de videogame.

Leandro Vallina publicou 1181 posts. Veja outros.

Publicidade