Jogamos: Star Wars Battlefront [BGS 2015]

Em um evento como a Brasil Game Show, em que os gamers tem a oportunidade de não só conhecer, como também “brincar” com as novidades que chegarão aos consoles em breve, é difícil escolher por onde começar, certo? Errado! No meu caso, meu destino era certo, iria abrir o evento atirando em Stormtroopers em Star Wars Battlefront, e sabe de uma coisa? Não fiquei nem um pouco desapontado com o jogo!

battlefront

Não joguei nenhum dos jogos anteriores da série Battlefront, mas assim como gamer e fã de Star Wars, eu estava babando com todo o conteúdo que estava saindo do jogo nos últimos meses. Experimente o game em dois estandes: o da Sony e o da Warner, onde joguei o mesmo modo de jogo, que consistia em sobreviver à ondas de inimigos no planeta de sóis gêmeos, Tatooine.

Esse era um modo de jogo multiplayer de dois jogadores em tela dividida, e como soldados da resistência, deveríamos abater todos os inimigos imperiais das ondas de ataque, além de proteger os módulos de fuga durante a partida. O game trouxe uma grande variedade de inimigos, nos pouco mais de 10 minutos de jogo, e tive a oportunidade de atirar não só em Troopers normais, como também enfrentar inimigos que atacavam com armas de longo alcance e jetpacks, e até mesmo um AT-ST, que foi o ponto alto da partida.

maxresdefault

Diferente do filme, aqui os Troopers tem um mira boa o suficiente para acabar com você!

O jogo vem com gráficos maravilhosos e com uma riqueza de detalhes absurda para os fãs de Star Wars, que vão desde as armas que são réplicas perfeitas das vistas nos filmes, até o campo de batalha, em que é quase impossível para um fã não sorrir ao olhar para o céu e ver o confronto aéreo entre Tie-Fighters e X-Wings, além de um Destróier Imperial. Durante a partida é possível ainda encontrar um pequeno easter-egg e ver alguns Tusken, ou povo da areia, se escondendo atrás das rochas.

battlefront-leaked-alpha-tatooine-20_qmpa

Comandante Ackbar dá as ordens, enquanto você admira as montanhas de Tatooine

O jogo apresenta combates tanto em primeira como em terceira pessoa, deixando com que o jogador possa alternar a visão quando quiser durante a partida. O gameplay é fluido e instintivo, e se você jogou qualquer FPS na vida vai se dar bem , senão, não vai demorar para dominar os comandos, atirando e se lançando pelas areias de Tatooine.

No final da partida, temos o prazer não só de saber que a batalha foi vencida, como também de ver o Destróier Imperial mergulhar no mar de areia, remetendo ao trailer de O Despertar da Força. Com toda a certeza um dos jogos mais aguardados do ano, que não só é tudo aquilo que os fãs de Star Wars esperavam, mas também é o jogo que eles merecem!

O jogo que já tem seu beta aberto, está com lançamento marcado para o dia 17 de Novembro de 2015, para PS4, XONE e PC, pela Origin.

Guilherme Vitoriano
Devorador de Livros e Quadrinhos, domador de jogos.e Nerd assumido. Apreciador de uma boa música e apaixonado por suas meninas.

Guilherme Vitoriano publicou 239 posts. Veja outros.

Publicidade