Os Irmãos Cara-de-pau (The Blues Brothers) [Pop Cine]

Muitos ídolos do cinema e da televisão morreram prematuramente, sem poder mostrar até onde seu talento podia chegar. Um dos caras que morreu cedo e faz muita falta nas telas é John Belushi. Aos 33 anos John morreu de overdose, e em sua curta vida trabalhou na televisão, no stand-up e fez sete filmes, dos quais o mais famoso sem dúvida é “Os Irmãos Cara-de-pau / The Blues Brothers”, de 1980.

A história é muito, muito simples: Jake Blues (Belushi) acaba de sair da prisão e se junta novamente ao irmão, Elwood (Dan Aykroyd), com quem tem uma banda. Os dois descobrem que o orfanato católico onde cresceram pode ser fechado por causa de uma dívida de cinco mil dólares, e decidem arrumar o dinheiro fazendo um grande show com a Blues Brothers Band. Eles precisam apenas reunir os músicos da banda e fugir das investidas de uma mulher desiludida e com sede de vingança (Carrie Fisher).

blues brothers 1980

Mais uma vez, a história por trás do filme é tão interessante quanto o filme em si. Belushi e Aykroyd se conheceram em um show de stand-up em Chicago e logo se tornaram amigos. Em 1976, criaram a The Blues Brothers Band para um esquete do Saturday Night Live e por três anos fizeram sucesso com a banda no SNL. A rápida ascensão de Belushi ao posto de astro de cinema foi suficiente para que a ideia de um filme sobre a banda saísse do papel. O diretor escolhido foi John Landis, cujo último sucesso havia sido “O Clube dos Cafajestes” (1978), também com Belushi, e que três anos mais tarde iria produzir e dirigir o antológico clipe “Thriller”, de Michael Jackson.

Apesar do carisma dos protagonistas, dos muitos carros destruídos em cenas de perseguição e da enxurrada de risos, o destaque do filme são mesmo as participações mais que especiais de astros do blues: Ray Charles, Aretha Franklin, Cab Calloway, James Brown e outros. Obviamente, há números musicais bons à beça, coloridos, animados, com coreografias sensacionais e o ritmo inconfundível que não deixa o filme entediante em momento algum.

blues brothers back

Além da obrigatória trilha sonora em CD, o filme também deu origem a um game para IBM PC, Atari, NES e Game Boy. O objetivo do jogo é escapar da polícia para chegar a um show de blues, e há a possibilidade de escolher um irmão para ser seu personagem ou jogar simultaneamente com outro jogador. Em 1997, oito episódios de uma animação sobre a Blues Brothers Band foram feitos, mas nunca foram ao ar.

maxresdefault

A morte prematura de John Belushi, em 1982, impediu que uma sequência fosse feita. Mas a banda sobreviveu, com integrantes variados e até com ocasionais participações de James Belushi, irmão mais novo de John, como o terceiro irmão, Zee Blues. A nova Blues Brothers Band se apresenta em cassinos, casas de blues, no intervalo do SuperBowl (!!) e estrelou o filme “Blues Brothers 2000”, de 1998. A qualidade do novo filme fica muito aquém do original que reúne adoradores há 35 anos, mas a música continua boa, dançante e espontânea. Os ternos pretos, gravatas, óculos escuros e chapéus não foram aposentados. O show não pode parar. E provavelmente John Belushi gostaria que o show não parasse nunca.

Nota do Autor: 9
Nota do público:(3 votos) 10
Dê a sua nota:

Leticia Magalhães
Letícia Magalhães é estudante universitária e tem dois livros publicados. Atualmente mantém o blog Crítica Retro, sobre cinema clássico, e colabora também nos sites Leia Literatura, Antes que Ordinárias, Red Apple Pin-Ups e Gene Kelly Fans.

Leticia Magalhães publicou 80 posts. Veja outros.

Publicidade

  • Augusto

    Na minha opinião o melhor filme de John Landis foi Um Lobisomem Americano Em Londres, de 1981.