Vingadores: Era de Ultron (Avengers: Age of Ultron) – Crítica

Sabe quando você sai do cinema sorrindo igual ao uma criança? É simplesmente impossível você não sair da sessão de Vingadores: Era de Ultron com um sorriso desses, sendo fã ou não das HQ’s. Fechando com chave de ouro a fase 2 do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), uma pergunta pode ficar no ar: Conseguiu ser melhor que o primeiro? Ah, conseguiu sim!

528824

Existem muitos pontos que fizeram a experiência do filme ser tão incrível. Uma delas, com certeza foi o modo como o longa todo foi apresentado, desde a sua cena inicial que, se você se arrepiou com a cena do team-up no finalzinho de Vingadores, vai vibrar ainda mais. O andamento do roteiro e a fotografia do filme trazem a sensação de que estamos lendo uma HQ, graças ao visual mais vibrante que é marca dos filmes do estúdio. Mesmo com essa diferença fundamental no visual da sua concorrente de duas letras, o filme conseguiu ser mais profundo e denso que os anteriores, aprofundando não só a ameaça de Ultron, como seus personagens e seus relacionamentos.

216295

A cena mais “quadrinhos” até o momento

Uma das minhas maiores dúvidas sobre o filme era como seria possível mostrar tantos personagens ao mesmo tempo em tela, sem que o filme ficasse confuso ou arrastado, e nisso a Marvel tem meus aplausos. Todos os personagens são bem apresentados no filme e cada um tem sua função fundamental no decorrer da história, um destaque aos personagens da Viúva-Negra e principalmente do Gavião Arqueiro, que tiveram um aprofundamento gigante na sequência.

185505

Também tivemos a inclusão de novos heróis e vilões no filme, Wanda e Pietro Maximoff, ou Feiticeira-Escarlate e Mercúrio para os íntimos, foram muito bem apresentados, e tiveram seus poderes muito bem mostrados, principalmente a velocidade de Pietro, vista de uma forma diferente da que vimos em Dias de um Futuro Esquecido, mas igualmente incrível visualmente.

054890

A velocidade de Pietro é muito mais visual no filme

Agora o que todos queremos ver no filme é a grande ameaça: Ultron. O Robô psicopata teve sua origem mudada no filme para manter a lógica, nas HQ’s ele foi criado por Hank Pym (O primeiro Homem-Formiga que será interpretado por Michael Douglas), já no MCU ele é uma criação de Tony Stark. O Ultron do filme tem toda a essência do que já conhecemos: o seu senso deturpado de paz mundial, o ódio pelos vingadores e principalmente sobre o seu “pai”. Também é apresentado nele uma personalidade bem peculiar, que contrasta bem com seus objetivos.

526288

Era de Ultron é um presente aos fãs da Marvel, as cenas que todos esperávamos ver, como a luta entre o Hulk e a Hulkbuster é ainda mais incrível do que parecia nos trailers mas não é a única, o filme vem recheado de cenas que com certeza, vão tirar suspiros dos expectadores e lágrimas dos fanboys e fangirls. Sobre a preparação para os próximos filmes do MCU, a Marvel dá grandes vislumbres do que está por vir, principalmente para a sua Guerra Infinita.

340639

Hulk vs. Hulkbuster, a pancadaria mais esperada do ano!

Depois de tantas palavras, eu ainda não consegui encontrar um motivo bom o suficiente para tirar pontos do filme que fez com que 2 horas e 40 minutos passassem voando e me fizesse sair da sessão já planejando a próxima. Um filme feito para os fãs dos Heróis mais Poderosos da Terra e recheado de referências aos fãs de longa data da editora, Vingadores: Era de Ultron é um filme para ficar na memória.

Nota do Autor: 10
Nota do público:(102 votos) 8.3
Dê a sua nota:

Vídeo análise completa

Trailer:


Imagens:

039541 155274      487069 319056      426579 492538      060392 059298      061486 490350

Guilherme Vitoriano
Devorador de Livros e Quadrinhos, domador de jogos.e Nerd assumido. Apreciador de uma boa música e apaixonado por suas meninas.

Guilherme Vitoriano publicou 239 posts. Veja outros.

Publicidade

  • RΩdri9Ω.Ω6iıdΩя

    Prefiro ver o filme do Pelé.

    • Ricardo

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Summer

      Que bom. Menos um sentado nas escadas por falta de lugar.

  • leandrovallina

    Eu curti muito, é claro que o fator surpresa de reunir todos os herois, fator esse presente no primeiro Vingadores, não teve nessa sequencia, mas mesmo assim eles mantiveram o nivel excelente do filme, diminuiram um pouco as piadas e melhoraram em muito nas lutas. Gostei muito, nota 9 de 10

  • RΩdri9Ω.Ω6iıdΩя

    Ae! o Mau detonou o filme do Chappie pq os trailers eram diferentes do que tinha rolado no filme. e a marvel studios se tornou especialista em trailers enganoso, sera que ele vai manter sua posição? ou foi só para o Chappie? kkkkk

  • Cesar Augusto Rodrigues de Oli

    Video com a critica sai quando ? 😀

    • leandrovallina

      Vou pentelhar o Mau pra mandar na segunda feira cedo, vamos juntar uma galera bem bacana +pizzas+cervejas e destrinchar TUDO desse filme, vai ser “A VÍDEO ANÁLISE” 🙂

      • Cesar Augusto Rodrigues de Oli

        Show de bola , @leandrovallina:disqus , falei brincando e vai ter então 😀 , que foda 😀

  • Bruno Passos

    Saiu, saiu, saiu Mau Franco. ESQUECE ESSE ERA DE ULTRON. O filme agora é MAGGIE. É o Tiozão Schwaza arrasando num drama sobre Zombie. Acabou de sair do forno as primeiras criticas sobre o filme e todas, acredite, falando super bem da atuação do Schwaza em um drama de zombie. saca só: https://www.youtube.com/watch?v=w5UQEv8vwJU https://www.youtube.com/watch?v=SMBbEyst3HU

    “Sly é foda… MAS SCHWAZA É MAIS!!!!!” rararara

    Abraço

  • MARCIUS VINICIUS

    Já aviso que meu comentário será MUITO LONGO MESMO e terá spoilers!!!!

    O maior mérito de Vingadores – Era de Ultron é te fazer sair superempolgado da sala do cinema, daí tanta gente dando nota 10 logo que termina o filme. Mas o longa não resiste a uma segunda análise mais aprofundada.
    O filme é muito, muito, muito divertido mas tem inúmeras falhas, furos de roteiros e deixa muitas pontas soltas, mas isso nem é o que me incomodou mais. O que mais me irritou é que me venderam nos traileres um supervilão no nível Darth Vader e me entregaram um Ultron babaca, criado não por uma inteligência e sim por uma “burrice” artificial. Consigo imaginar cem milhões de maneiras diferentes de exterminar a raça humana e olha que não sou nenhum gênio e nem sou do mal! Por que Ultron não criou um exército de centenas de milhares de cópias suas e atacou a população de cada continente? Imagina Ultron emulando Hitler e criando campos de concentração ao redor do mundo e chacinando a população por atacado, que foda que seria! O que os Vingadores, dispersados, poderiam fazer? Mas a Marvel Studios, que é da Disney, nunca tocará em assuntos sérios e Os Vingadores não é Watchmen, então as ameaças nunca serão sérias realmente. Outra coisa que me incomodou muito foi o visual do Ultron, com aquela boquinha mole de pato! O que aocnteceu com o visual foda dos quadrinhos ou até do primeiro teaser-trailer? Ficou muito ruim!
    Sobre Mercúrio e Feiticeira-Escarlate: eles nunca são chamados por estes nomes, não sei dizer se há algum impedimento jurídico com relação a isto, mas o fato é que é injusta a comparação com o Mercúrio dos X-Men, pois os poderes deste último foram elevados à níveis insanos. O Mercúrio dos X-Men ficou foda, sim, mas só serviu para uma única e sensacional cena, mas depois o personagem sumiu. Tivessem usado o personagem no filme todo, não teria filme, ele teria resolvido todo o conflito literalmente num segundo, o Mercúrio dos X-Men faria cuecão nos Sentinelas! Da mesma forma, se o Mercúrio da Marvel fosse tão veloz quanto o Mercúrio dos X-Men, também não existiria A Era de Ultron! Por isso, foi preciso abaixar muito a bola do Mercúrio-Vingador. Isso eu entendo e até aceito. O que não aceito é o cara ser mais veloz que uma bala morrer justamente por uma rajada de balas, que atravessou seu corpo e estranhamente não matou Gavião-Arqueiro e nem o moleque que ele estava protegendo! As balas simplesmente sumiram! E escolheram um ator sem carisma para interpretá-lo e por isso não senti sua morte. A Feiticeira-Escarlate também é um caso parecido: seus poderes nos quadrinhos são quase divinos, ela altera a probabilidade da realidade ao seu favor, ou seja, ela poderia ganhar na mega-sena toda a semana ou se houvesse 0,0001% de probabilidade de Ultron, ao invadir a internet, ter instalado o Baidu em seu sistema e ter uma pane geral em seu sistema, ela poderia fazer isso acontecer ou até matar Tony Stark, se ele tivesse 0,0000000000000001% de chance de ter ainda um fragmento da bomba ainda em seu peito e ter uma parada-cardíaca mortal devido a isso. Por tudo isso, seus poderes originais foram terrivelmente diminuídos e transforam uma grande personagem numa cópia da Jean Grey.
    Mas tudo isso não importa pois o objetivo do filme foi cumprido. Me divertiu pra caramba. Pena que o filme tinha o potencial para ser o melhor filme de super-heróis de todos os tempos e nisso falhou miseravelmente o que baixa minhas expectativas para Guerra Civil, Ragnarok e Guerras Infinitas.

    • Evelyn

      Esse comentário foi foda! Você disse tudo! EXatamente cara.

  • Caveira Negra

    Com o devido respeito inerente a todas as opiniões, mas achei esse filme uma droga. Pior filme com a chancela da Marvel.