Diário de uma paixão (The notebook) – [Especial dia dos namorados]

diario-de-uma-paixao-capa-filme

É aquele tipo de filme que te faz chorar litros e te faz valorizar cada momento da vida com a pessoa que está ao seu lado. Obrigada Nicholas Sparks por fazer parte de nossas vidas! Em um asilo, um senhor conta uma linda história de amor para sua amiga. A história envolve a vida de Noah, vivido por Ryan Gosling (Ryan, você não cansa de ser lindo?), e Allie, a charmosa Rachel McAdams. A trama envolve paixão, romantismo, inocência, conflitos e preconceito nos Estados Unidos da década de 40. Em sua narrativa, este senhor conta todas as dificuldades que o casal enfrentou para viver seu amor de verão. Essa é a premissa de Diário de uma paixão.

O nascimento de uma paixão

O nascimento de uma paixão

O filme é uma adaptação do livro de Nicholas Sparks que leva o mesmo nome do filme. Esse autor tem diversos romances que se tornaram roteiros adaptados para o cinema. Um porto seguro, Um amor para recordar, Querido Jonh, A última música, Uma carta de amor e Noites de tormenta são alguns exemplos. Alguns são excelentes, outros são bons e outros ainda valem a pena assistir. Mas todos tem uma característica em comum: guardam um segredo no final. Não se preocupem, pois não vou estragar a experiência de ninguém. Até porque se você ainda não viu Diário de uma paixão, aproveite o dia de hoje para assistir esse lindo romance. E quem já viu, pode (e deve!) ver novamente.

O título em português já nos deixa com vontade de assistir e não decepciona em nada sobre o conteúdo. O título original, The notebook, apenas traz a informação de que é um caderno, um diário para ser mais fiel à tradução. Nada mais é do que a história de Noah e Allie escrita à mão, como num diário, sendo contada desde o dia em se conheceram até o final dessa história. Esta, por sua vez, envereda pela década de 40 dos Estados Unidos. Nesse contexto, ainda havia o ranço da escravidão, as mulheres ainda eram tratadas como objetos para serem expostas por seus maridos e família, a classe social ainda era levada em conta na hora de escolher um bom casamento, enfim, as condições em que eles se conheceram não eram muito apropriadas para que eles vivessem essa paixão intensamente.

A história sendo narrada

A história sendo narrada

Conforme a narrativa segue, percebemos todas as dificuldades que Noah e Allie tiveram para se manterem juntos, Afinal, eles eram de mundos diferentes. Ela tinha todo um futuro promissor pela frente. Ele era apenas um madeireiro. Com a ajuda de sua mãe, Allie acaba se separando dele. O tempo passa, vemos a Segunda Guerra começar e ele se alista, enquanto ela vai cuidar dos feridos da guerra como voluntária, na esperança de reencontrá-lo. Porém, ela encontra outro rapaz, se apaixona e fica noiva. Mas, como o destino adora pregar algumas armadilhas, Allie reencontra Noah anos depois. E agora, ela tem que decidir se continua com seu noivado numa vida financeiramente estável ou se vive seu amor de verão.

Um amor de verão..da primavera, do inverno e do outono também!

Um amor de verão..da primavera, do inverno e do outono também!

 

Paixão à flor da pele

Paixão à flor da pele

A senhora escuta a história atentamente, torcendo para que tudo acabe com um final feliz. E nós também, torcemos pelo casal Noah e Allie. As atuações de Ryan e Rachel foram fundamentais para o bom desenvolvimento do filme. Um destaque especial para Joan Allen, Kate, que personifica a mãe de Allie, ao mesmo tempo em que representa a visão preconceituosa e racista da época. Gena Rowlands também está incrível no papel da senhora do asilo, assim como seu parceiro de cena, James Garner. Os dois juntos são de arrancar lágrimas até do mais duro coração. Ainda temos James Marsden numa participação especial, como o noivo de Allie.

Diário de uma paixão faz um contraponto entre a juventude e a maturidade, a inocência e a sabedoria, mostrando que o tempo passa rápido e que devemos valorizar cada segundo as pessoas que nos cercam, pois podemos perdê-las a qualquer momento. Na verdade, devemos “amar as pessoas como se não houvesse o amanhã”. Mas um amor real, sincero e verdadeiro, que envolve respeito, harmonia e diálogo. E que pode ser facilmente percebido com pequenas ações do dia-a-dia. Isso vale não só para um casal de namorados, e sim para qualquer tipo de relação, pais e filhos, irmãos, amigos.

E é com esse filme maravilhoso que encerramos o Especial dia dos namorados. Há muito mais filmes românticos por aí, Como se fosse a primeira vez, Mesmo se nada der certo, Meu primeiro amor, Nove semanas e meia de amor, Será que?, Top Gun e Questão de tempo são alguns ótimos exemplos. Mas se você quer ainda mais opções, escute nosso FGcast 29. Lá tem inúmeras opções de filmes para esse dia tão especial para tanta gente. Então aproveitem esse dia e não se esqueçam de deixar a nota de vocês para Diário de uma Paixão.

Legenda desnecessária...

Legenda desnecessária…

 

Nota do Autor: 10
Nota do público:(1 voto) 10
Dê a sua nota:

 

Rayana Lima
Formada em Psicologia e, atualmente, está terminando o Mestrado também em Psicologia. Adora diversos tipos de filmes e sempre gosta de assistir várias vezes aqueles que mais lhe agradam. Seu estilo preferido é suspense e terror, mas também adora um romance, uma comédia ou um drama bem construído. O estilo musical também é bem eclético, mas não peçam pra ela escutar Annita e afins. No seu tempo livre, ama dançar e gosta de jogar videogame. Mas só os de corrida, porque os de plataforma e RPG são lentos demais pra ela.

Rayana Lima publicou 34 posts. Veja outros.

Publicidade