Invasão Zumbi (Train to Busan) – Crítica

Brasil, aprenda com os argentinos e coreanos, e comece a fazer filmes bons.

515438-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Seok-Woo (Gong Yoo, The Age of Shadows) é um empresário bem-sucedido que está divorciado de sua mulher. A pedido de sua filha, Seok-Woo programa uma viagem de trem até a cidade de Busan, onde vive a ex-mulher, porém, em meio ao início de um surto zumbi, uma pessoa infectada adentra no trem e assim começa a luta pela sobrevivência dos passageiros.

Os zumbis é um tema que mudou muito durante todos os anos. Algo que originalmente era resultado de rituais que traziam os mortos a vida, hoje se tornou algo que é sempre originado de uma infecção, transformando os zumbis que antes eram lentos e sedentos por sangue em criaturas velozes e mortais.

Porém, não é uma alteração na origem de algo que transformará esse tema em algo ruim, necessariamente. Digo isso porque Invasão Zumbi é o melhor filme de zumbis da última década.

003009-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Conduzido de forma extremamente precisa, o diretor Sang-Ho Yeon nos traz um filme que não quer inovar na forma de tratar a infecção de forma que analisemos a natureza humana, algo que foi feito em Maggie e até mesmo no jogo The Last of Us, mas ele quer fazer um filme frenético e agoniante.

Toda a história é basicamente conduzida em personagens pontuais do trem, todos com suas motivações pessoais, pessoas com quem se importam e o objetivo de suas viagens. Sendo assim, acompanhamos os personagens em meio a uma viagem infernal, com alguns poucos minutos para respirar, mas com muita adrenalina a ser utilizada durante todo o filme. Esse é um filme muito rápido, e é um dos poucos que realmente conseguiu me deixar com aflição do que poderia acontecer a cada cena em que uma multidão de zumbis correm atrás de seus personagens.

349147-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Falando em personagens, estes são parte fundamental do filme, pois se todos não fossem cativantes, e se nós não nos importássemos o suficiente com eles, metade do charme do filme, justamente a aflição e empatia que temos por eles, não funcionaria. Vale ressaltar que esse filme não é um dos que tem muita dó de seus personagens, ou seja, eles sofrem e constantemente estão em perigo arriscando suas vidas das formas mais agoniantes possíveis.

Os zumbis do filme também são feitos de forma excelente, toda a sua caracterização e até mesmo a forma como eles se transformam é única e aterradora, o que contribui para a violência extrema que ocorre no filme, com todo o sangue em tela.

151782-jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

A trilha sonora também é muito boa, contribuindo para todo o clima do filme, deixando cada momento aterrador mais horripilante ainda, mas fracassa nos momentos de trazer um drama a seus personagens e contribuir para isso.

Invasão Zumbi é o melhor filme de zumbi da última década. Sua trama é frenética e aterradora. É fácil se pegar fazendo careta durante momentos precisos do filme, e isso só é possível devido a forma bem-feita que seus personagens são tratados. Vale a pena cada segundo, e só mostra que o cinema coreano está anos luz a frente do nosso.

Nota do Autor: 8.5
Nota do público:(8 votos) 8.6
Dê a sua nota:

Trailer:

Arthur Lopes
Canal pessoal - Marmota Frita Fanático por cinema e video games em geral desde sempre, estuda administração mas seu verdadeiro amor permanece no mundo da sétima arte. Ama qualquer gênero cinematográfico, indo de romance até terror mas com preferência no drama, o que fez com que Batman - O Cavaleiro das Trevas se tornasse o seu filme favorito, consagrando Nolan como o mesmo. Mas também admira outros mestre do cinema como Eastwood e Tarantino. Escreve nas horas vagas e está adaptando um conto no intuito de transforma-lo em um roteiro para longa-metragem.

Arthur Lopes publicou 256 posts. Veja outros.

Publicidade