O Labirinto do Fauno (El Laberinto del Fauno/Pans Labyrinth) – Crítica [Sabe Aqueles Filmes…]

labirinto

Comecei a assistir O Labirinto do Fauno esperando ver mundos fantasiosos por toda a tela. Encontrei esses elementos, mas em pouca quantidade: o que acabei vendo foi um belo filme histórico, com elementos da fantasia inseridos, mas muito mais suspense e drama do que esperava. Nunca havia assistido nada de Guillermo del Toro, então essa foi uma grata surpresa.

O longa se passa cinco anos após a Guerra Civil Espanhola, que durou de 1936 até 1939, e acompanha a vida de Ofelia, uma garota que se muda com a mãe, que acabou de casar com um terrível oficial facista, para um vilarejo. Tentando fugir da rotina a que foi imposta, ela encontra um labirinto em que habita um antigo fauno e este lhe conta sua verdadeira história, de que ela é filha de um rei e que, para voltar a esse reino, ela precisa realizar três tarefas. No decorrer do longa, acompanhamos Ofelia realizando estas tarefas e encarando uma das piores fases de sua vida.

Provavelmente, o que me atraiu neste filme foi a forma massacrante com que diversas cenas são abordadas. Não esperava a maioria dos acontecimentos vistos em tela e, por isso, o longa ganhou inúmeros pontos por mostrar coragem em meio a tantas outras produções. Como disse anteriormente, esperava algo mais fantasioso, voltado para jovens, que é justamente o que o título acaba remetendo, mas tive uma boa dose de violência e sangue sem piedade.

O andamento da película é maravilhoso. Temos um ótimo enredo embalado pela violência e fantasia já citadas, ótimas atuações, principalmente de Ivana Baquero, atriz que faz Ofelia, uma bela trilha sonora, que nos ambienta perfeitamente na aura de mistério que o filme traz e, sem deixar de mencionar, na esplêndida fotografia que muitas vezes dá um ar macabro.

O Labirinto do Fauno foi uma inusitada, porém agradável surpresa. Somos imersos num mundo surreal tanto do lado violento quanto do fantasioso e tragados pela magia com que del Toro arquiteta os minutos finais. Um longa chocante, incrível e, claro, magnífico.

Nota do Autor: 10
Nota do público:(3 votos) 9
Dê a sua nota:

Galeria de Imagens:

960
ad14213c0d5d6604d9621bf6037a427a_1920x1080

maribel-verdu-ivana-baquero-le-labyrinthe-de-pan_510dd9fbd0df4

pans-labyrinth-0

pans-labyrinth-ofelia-in-the-fig-tree

Stefanny Oliveira
Formada em Letras Língua Portuguesa, faz Jornalismo e é viciada no Twitter. Vive nos cinemas e adora dar uma de crítica profissional. Assiste mil séries ao mesmo tempo e sempre tem um comentário na ponta da língua para cada uma delas. Nerd assumida e tudo por culpa do Tony Stark. Ama música e sempre está com seus fones de ouvido pra onde quer que vá. Ouve principalmente Indie Rock e odeia quem comete o homicídio de seus ouvidos.

Stefanny Oliveira publicou 194 posts. Veja outros.

Publicidade