P.S. eu te amo (P.S. I love you) – [Especial Dia dos namorados]

7026231

Uma vida que prometia muito amor e companheirismo, mas que foi interrompida por uma doença. O casal Gerry (Gerard Butler) e Holly (Hillary Swank), que se conheceram e se apaixonaram na bela Irlanda foram separados pela morte. Sabendo que ela sofreria bastante sua perda, Gerry prepara uma série de cartas que a ajudam em seu processo de luto. Baseado no livro homônimo de Cecelia Ahern, P.S.: eu te amo, é um romance que poderia ser dramático, porém se torna mais leve graças a pitadas de comédia.

Logo na primeira cena percebemos o quão intenso é o sentimento que um tem pelo outro. Depois de uma discussão acalorada em que imaginamos ser o fim, na verdade é só o começo, porque logo em seguida eles fazem as pazes, afinal, essa é a melhor parte da briga. Ao longo do filme, entendemos a dimensão e a intensidade do amor deles. O que justifica as cartas, pois Gerry a conhecia tão bem que sabia como ela reagiria à sua morte.

Um olhar já diz tudo

Um olhar já diz tudo

O filme conta com um elenco bastante conhecido. Além de Gerard (meu bem, pode vir cantar aqui em casa!) e Hillary, temos Lisa Kudrow, como Denise, e Gina Gershon, como Sharon, as melhores amigas de Holly, a veterana e experiente Kathy Bates, como Patricia, a mãe da moça, e Harry Connick Jr. é Daniel, o funcionário do bar onde Patricia trabalha. Há ainda participações especiais de James Marsters, o eterno Spike de Buffy, a caça-vampiros, como o marido de Sharon e Jeffrey Dean Morgan (quem resiste ao genérico de Javier Bardem?) personificando Billy, amigo de Gerry desde a infância.

Olha o genérico do Javier Bardem!

Olha o genérico do Javier Bardem!

 

As amigas Denise, Holly e Sharon

As amigas Denise, Holly e Sharon

P.S. eu te amo mostra o sofrimento de Holly pela perda de seu amante, mas também um renascimento para uma nova vida sem ele, redescobrindo ela mesma um novo e promissor caminho. Além disso, as belas paisagens da Irlanda dão um charme especial ao filme, assim como aqueles casacos maravilhosos e aquelas botas incríveis que ela utiliza.

A comédia do filme é leve, mas nos proporciona boas risadas. A cena de Holly no karaokê com Gerry e os amigos é hilária. Tudo bem que não deveria rir da desgraça alheia, mas talvez eu tenha rido porque me lembrei de mim mesma. Provavelmente se fosse eu no lugar da Holly, a desgraça teria sido pior! Daniel também tem um papel importante nesse quesito. Sua grosseria justificada como uma doença já é uma boa piada. Não vamos nos esquecer da homenagem que o filme faz ao seriado e ao filme Buffy, a caça-vampiros.

O romance fica por conta dos flashbacks que contam a história de Gerry e Holly e dos momentos em que ela sonha acordada com ele. E a trilha sonora acompanha esses momentos com belas canções. Love you till the end é uma delas. A própria ideia das cartas já é algo suficiente para demonstrar o amor que ele sentia por ela. Sabendo o quanto Holly sofreria, Gerry decidiu escrever as cartas antes de morrer. E quando isso acontecesse, as cartas serviriam como incentivo para que ela seguisse em frente sem ele e buscasse algo pelo que viver. E o detalhe mais importante era como ele as terminava: P.S. eu te amo.

P.S. eu te amo

P.S. eu te amo

Por fim, o filme, apesar do drama da morte, é leve e divertido e vale ser assistido a dois. As cartas podem até servir de incentivo para que você faça uma surpresa para a pessoa que ama nesse período romântico. E não deixe de dar sua nota aí embaixo.

Nota do Autor: 8
Nota do público:(2 votos) 8
Dê a sua nota:

 

Rayana Lima
Formada em Psicologia e, atualmente, está terminando o Mestrado também em Psicologia. Adora diversos tipos de filmes e sempre gosta de assistir várias vezes aqueles que mais lhe agradam. Seu estilo preferido é suspense e terror, mas também adora um romance, uma comédia ou um drama bem construído. O estilo musical também é bem eclético, mas não peçam pra ela escutar Annita e afins. No seu tempo livre, ama dançar e gosta de jogar videogame. Mas só os de corrida, porque os de plataforma e RPG são lentos demais pra ela.

Rayana Lima publicou 34 posts. Veja outros.

Publicidade