Pictionary [iGames]

Quem nunca brincou deste jogo de adivinhação com desenhos? Se no passado nem tão distante era preciso ter um amigo com quem brincar, lápis e papel ou quadro e giz, hoje o jogo precisa de bem menos ingredientes. Um só, para dizer a verdade: um celular ou tablet com acesso à internet.

Talvez você conheça o jogo de perguntas e respostas Perguntados, e seu derivado, Reinos Perguntados. Ambos são obra da desenvolvedora Etermax, cuja mais nova reinvenção é o jogo Pictionary.

Assim como nos outros dois, em Pictionary o jogador se conecta a outros jogadores para jogar os desafios. É possível escolher entre um amigo real – por exemplo, um amigo do Facebook que também tenha o jogo instalado – ou um adversário aleatório.

Por enquanto, os modos de jogo são dois:

  • Turnos: o primeiro a surgir, no qual os jogadores adivinham os desenhos em turnos, um depois do outro. Neste modo, é possível jogar de maneira assíncrona – os dois jogadores precisam estar online ao mesmo tempo apenas no começo do jogo, depois eles se revezam para adivinhar cada um no seu tempo. Quando adivinha o desenho, o jogador escolhe uma palavra, faz o desenho e envia para seu oponente, que, quando puder, realiza a adivinhação. O grande problema deste modo é não ter fim. Se fosse algo como “melhor de 5” seria um modo perfeito, mas o fato de a batalha ser infinita tira a graça do jogo.
  • Pensa rápido: para consertar o erro do modo de turnos surgiu este modo, que é um melhor de cinco jogado com os oponentes em sincronia. Ambos têm 30 segundos para adivinhar cada um de cinco desenhos variados, e vence quem acertar mais desenhos mais rápido. Por enquanto, este modo está disponível apenas nos idiomas inglês e espanhol.

É possível fazer desenhos com traços de caneta, lápis de cor, giz de cera, pincel e marcador. Há também uma borracha que pode ser usada. Para melhorar cada artefato, adicionando mais cores e mais opções de largura de traços, o jogador usa as moedas que vai coletando conforme joga. As moedas podem ser também compradas com dinheiro real.

Pictionary está longe de ser perfeito, e algumas vezes frustra o jogador. Entretanto, em outros momentos o jogo desafia a criatividade e as habilidades artísticas de quem queria só se divertir – aliás, os desenhos que ilustram este artigo foram feitos por mim enquanto eu testava o aplicativo. Dá para perceber que eu não sou nenhuma artista, não?

Novos modos de jogo vão chegar ao Pictionary no futuro. Enquanto isso, nos contentamos por ao menos termos um app que revive uma gostosa brincadeira da infância sem gastar tanto papel…

P.S.: Isso era para ser a Monalisa

Pictionary está disponível para iOS e Android.

Nota do Autor: 6.5
Nota do público:(0 votos) 0
Dê a sua nota:

Gameplay:

Leticia Magalhães
Letícia Magalhães é estudante universitária e tem dois livros publicados. Atualmente mantém o blog Crítica Retro, sobre cinema clássico, e colabora também nos sites Leia Literatura, Antes que Ordinárias, Red Apple Pin-Ups e Gene Kelly Fans.

Leticia Magalhães publicou 82 posts. Veja outros.

Publicidade