Grande Prêmio do Cinema Brasileiro: o que esperar do evento deste ano com Fernanda Montenegro | Edição 2018

O cinema brasileiro tem passado por grandes mudanças, sendo que hoje em dia o interesse pelos filmes nacionais é bem maior do que foi 20 anos atrás. Isso se deve a vários fatores, entre os quais: avanço da tecnologia em todas as àreas da produção de filmes, maior envolvimento com co-produções trazendo mais investimento, e a maior regulamentação e legislação da indústria, a qual permitiu a sua ampliação. Um dos órgãos responsáveis por estes fatores é a Ancine, Agência Nacional de Cinema do Brasil, a qual tem sua sede no Rio de Janeiro, cidade que também tem uma grande produção audiovisual brasileira. Um trabalho fundamental dessa e outras organizações é a promoção de prêmios e eventos para celebrar os profissionais do segmento, promover os filmes e incentivar a formação de opinião tanto do público especializado como do geral. Hoje no Brasil um dos eventos mais importantes do cinema no Brasil é o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.

O que é o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro?

Esta premiação é realizada anualmente pela Academia Brasileira de Cinema, dando prêmios tanto pelo melhor filme estrangeiro como também para os melhores filmes brasileiros em diferentes categorias. A votação do prêmio acontece entre os próprios profissionais da área, dando o reconhecimento merecido aos colegas de trabalho. Para votar basta que os associados acessem o site da Academia, já a apuração dos votos é realizada pela mesma empresa que faz a apuração do Oscar, o que mostra a seriedade do prêmio, o qual tem importância nacional e internacional. Há duas etapas de votação, a primeira aberta a todos os associados e depois os 5 mais votados passam pela comissão oficial da Academia. No site oficial já tem uma lista com os 5 finalistas de cada uma das categorias, entre elas melhor filme de ficção, melhor diretor, melhor atriz, melhor ator, melhor documentário e melhor filme estrangeiro. Além disso, há também prêmios para curtas-metragem, inclusive para melhor curta-metragem de animação. Todo ano há uma mostra dos filmes finalistas, que este ano será realizada entre os dias: 2 e 17 de setembro. Já a cerimônia de apresentação da premiação será no dia 18 de setembro.

Fatos sobre o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2018: homenagem a Fernanda Montenegro

Em 1999 tivemos a única atriz brasileira indicada ao Oscar, o maior prêmio de cinematografia mundial, Fernanda Montenegro. A indicação ao prêmio por Central do Brasil de ambos atriz e melhor filme estrangeiro é um marco na cultura brasileira, tendo uma alta importância na história do cinema brasileiro e mundial. Mas Fernanda não conseguiu levar o prêmio para casa, infelizmente. Segundo um estudo realizado pela Betway Casino, a média de ganhadores de prêmios da arte do cinema e da televisão tem 38 anos, são do signo de câncer, são casados e têm dois filhos, além de terem nascido numa terça-feira. E Fernanda Montenegro tinha um perfil totalmente diferente na época da indicação ao Oscar, já que nasceu em 16 de outubro de 1929, uma quarta-feira, é do signo de libra, tendo já 70 anos quando foi indicada, dois filhos, Cláudio Torres e Fernanda Torres e um marido, o também ator Fernando Torres. Mesmo não estando dentro das probabilidades, com este filme ela recebeu um Urso de Ouro no Festival de Berlim, o qual também é uma conquista significante e que quebra o perfil dos vencedores de prêmios de cinema segundo a pesquisa apontada acima. Fernanda será a grande homenageada da edição de 2018, já que ela vai completar 75 anos de carreira e o evento vai ser dedicado a esta consagrada atriz dos teatro, cinema e televisão brasileiras. Fernanda é considerada uma deusa dos palcos e das telas grandes e pequenas, trabalhando incansavelmente mesmo com seus quase 90 anos de idade. Ela foi a primeira atriz a ser contratada na antiga TV Tupi para trabalhar na teledramaturgia nacional e no teatro ela tem mais de 70 peças em seu currículo.

O que já aconteceu nas edições anteriores do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Fernanda Montenegro já ganhou o Prêmio de Melhor Atriz em 2006 pelo filme: O outro lado da rua. O filme conta uma história de amor improvável entre um ex-juíz acusado de cometer um crime passional e a informante do crime. Outras atrizes que já ganharam também foram: Glória Pires, Débora Falabella, Leandra Leal, Lília Cabral e Deborah Secco. Em relação aos filmes temos: Cidade de Deus, em 2004, Tropa de Elite 2, em 2011, O Palhaço, em 2012, Que Horas ela volta?, em 2016 e Aquarius, em 2017. Desses filmes os dois mais conhecidos em todo o mundo são Cidade de Deus e Tropa de Elite. Esses filmes mostram um Brasil com todos os seus problemas e as suas diferentes realidades, sendo extremamente críticos em relação a sociedade brasileira e o seu funcionamento. Já os dois últimos vencedores também mostram aspectos problemáticos do Brasil, mas com uma linguagem mais leve e até mesmo mais poética. Em relação aos atores brasileiros que já ganharam, temos: Rodrigo Santoro, Selton Mello, Daniel de Oliveira, Wagner Moura, Tony Ramos, Lázaro Ramos e Juliano Cazarré.

A equipe do Filmes e Games está animada para ver quais são os grandes vencedores do Prêmio de 2018. Se você tem algum filme favorito ou atriz e ator, não deixe de comentar, aproveite e compartilhe este artigo também com os seus seguidores!

 

 

Leandro Vallina
Formado em Comunicação Social. Tem como prioridade na vida cuidar da filha, jogar videogame, alimentar e passear com os cachorros, alimentar e passear com a esposa e jogar mais um pouco de videogame.

Leandro Vallina publicou 1210 posts. Veja outros.

Publicidade