Horizon Chase Turbo – PS4 – Análise e nota (Reviews)

Um baita jogo ou protecionismo dos brasileiros?

 

Um dos estardalhaços no mercado gamer dos últimos dias foi sobre o lançamento do game Horizon Chase Turbo da produtora Aquiris para o PS4.

Várias pessoas fizeram vídeos no youtube (inclusive nós) e outras várias pessoas postaram fotos e mensagens no facebook.

Mas será que o game é bom mesmo? Ou por ser feito por brasileiros o público (patriota) defende sem ao menos conhecer o produto?

Então segue abaixo uma analise (ou reviews) imparcial do game.

O Game:

Horizon Chase foi lançado em 2015 pela produtora Aquiris, que não é uma produtora de games em sí, seus trabalhos são mais voltados para marketing corporativo. Porém a paixão dos produtores pelo game Top Gear (Snes) fizeram com que os mesmos entrassem em uma jornada, e no final acabaram produzindo um game de corrida (ou jogo de carrinho) para celulares (Android), e o game Top Gear foi não apenas uma inspiração, mas Horizon Chase é uma homenagem/continuação espiritual ao game. Tanto que os brasileiros conseguiram trazer para o seu jogo o compositor das musicas do Top Gear 1 e 2 (Barry Leitch).

Versão de celular

 

Cenário e gráficos:

Como a maioria dos jogos de corrida dos 8 ou 16 bits, Horinz Chase e sua nova versão (Horizon Chase Turbo) possui o mesmo tipo de visual dos games de antigamente.

Temos a visão de trás do carro, e uma pista no meio, e os cenários do fundo rodando em paralaxe mostrando várias cidades do mundo.

Games como Rad Racer, Out Run, Road Rash e o próprio Tog Gear, conseguiram transportar os jogadores daquela época para lugares incríveis, belas noites nas estradas de Nova York, as luzes dos cassinos de Las Vegas, ou ate as montanhas geladas do Canadá. Em Horizon Chase temos a mesma sensação, porem os cenários são bem mais detalhados (graças à tecnologia do hoje) e mesmo assim não perdem o ar retro/pixelado do passado.

Horizon Chase Turbo é o game mais colorido de todos esses citados a cima, alias, esse talvez seja o único detalhe que tenha passado um pouco do ponto. As cores “quentes” do game estão muito acima do padrão e isso pode dar certa fadiga aos olhos do jogador depois de umas horas jogando.

As pistas (mais de 100) são magnificas, com certeza nas primeiras jogadas você vai bater muito o seu carro, pois irá ficar caçando detalhes nas pistas e principalmente nos cenários de fundo. O Brasil também tem suas pistas, alguns mimizentos bairristas podem comentar que talvez tenha faltado algumas cidades (São Paulo?), mas isso é algo que pode ser resolvido via DLC em um futuro próximo, mas o game já tem pista suficiente para segurar o jogador por várias horas.

Trilha sonora e som:

Um raio cai sim duas vezes no mesmo lugar (alias até três vezes) já que Barry Leitch conseguiu trazer EXATAMENTE a essência sonora de Top Gear 1 e 2 para Horizon Chase Turbo, algumas músicas são um remix ou evolução das musicas do game do Snes, mas outras musicas inéditas são tão empolgantes e vibrantes como as antigas. O som é sim o principal destaque do game, alias, pense como seria o game sem a música de Barry?

O efeito sonoro do game também está muito bom, você consegue perceber que o som de motor de alguns carros é diferente de outros, isso ajuda na imersão, alias tem carro que parece ser elétrico e outros com o som de carros antigos (refrigerados a ar).

Jogabilidade e dificuldade:

O que é bom deve ser mantido ou entrar na evolução, Horizon Chase mantem a mesma ótima jogabilidade dos games clássicos de corrida dos 16bits (Out Run e Top Gear) a curva de aprendizado é excelente, já que nas primeiras corridas nas pistas americanas você conseguirá facilmente pegar as primeiras colocações, mas quando abrir as pistas do Chile vai descobrir que o game não é apenas acelerar. Soltar o botão do acelerador e de vez em quando até frear são opções que serão muito usadas. Mas principalmente equipar o seu carro, isso sim que será importante para avançar no game.

A dificuldade não é absurda, porém o jogo exigira perseverança (principalmente em repetir varias pistas para alcançar melhores colocações) e conseguir adquirir novos carros.

O modo para equipar o veiculo é que deu uma piorada em relação ao Top Gear 2. Aqui em Horizon Chase deu a impressão que criarão opções de upgrade simples demais. Nada de mexer apenas na suspensão, ou no motor, ou no pneu (como era em Top Gear 2), aqui foram criadas três opções simples com nomes genéricos e cada um dá um resultado (velocidade, controle, etc). É vital para o seu sucesso dar o upgrade no seu carro, mas opções são bem limitadas e acabou tirando aquela sensação de mexer “mesmo” no seu carro, a diferença até será sentida na próxima corrida, mas era muito mais legal brincar de mecânico no Top Gear 2.

Upgrade genérico de Horizon Chase Turbo

Saudades de comprar o motor do carro (Top Gear 2)

Multiplayers e online:

Que tal tirar um contra com aquele amigo de outra cidade? Basta chamar ele pra dormir na sua casa. Pois infelizmente o game não tem modo multiplayer online. Mas isso já é respondido na carta que vem dentro do game, onde os produtores relembram em um belo texto o quanto é legal juntar a galera na sala pra tirar aquele contra, e eles estão certos sim, afinal é muito legal você ganhar do amigo e tirar o sarro na cara dele, mas hoje em dia uma jogatina online faz sim muita falta.

4 amiguinhos, mas todo no sofá de casa, nada de online

 

O que pode ser um consolo é que você pode jogar contra o “fantasma” do seu amigo, afinal os recordes dos seus amigos da PSN estarão registrados na rede, e dessa forma você pode tirar uma corrida e ver como foi a volta dele e o tempo que ele fez. Não é a mesma coisa que jogar online, mas já é algo. Quem sabe se o game estourar nas vendas a gente não ganhe uma DLC para jogatinas online?

Persiga o carro fantasma (ao lado)

 

Conclusão:

Um ótimo jogo, um ótimo preço (R$49), sem sombra de duvidas Horizon Chase Turbo não é um jogo de corridas genérico, está acima da média e não digo isso por que sou brasileiro e quero defender os meus coleguinhas, mas sim por que o jogo é muito bom MESMO, possui sim alguns problemas, mas no resultado final o game é excelente e tem um fator diversão e replay muito alto. Após você jogar os dois primeiros países (USA e Chile) com certeza vai se viciar e querer terminar todas as pistas.

Horizon Chase é um daqueles games que se encaixa em duas categorias distintas dos games, aquele onde você pode jogar por 10 minutos na hora do almoço (apenas para ganhar uma ou duas corridas) ou passar a madrugada jogando. Ele não cansa.

A dica que eu dou é abaixar um pouco o som do carro e deixar a musica no talo. Sim!! Horizon Chase Turbo é um baita jogo

Nota do Autor: 9
Nota do público:(10 votos) 8.9
Dê a sua nota:

Leandro Vallina
Formado em Comunicação Social. Tem como prioridade na vida cuidar da filha, jogar videogame, alimentar e passear com os cachorros, alimentar e passear com a esposa e jogar mais um pouco de videogame.

Leandro Vallina publicou 1210 posts. Veja outros.

Publicidade